g2h

level

domingo, 5 de abril de 2009

Amy Winehouse







Amy é mais do que atual, ela é atemporal - o que nos dias de hoje é muito raro.

Filha de um taxista e uma farmacêutica, Amy Jade Winehouse (14/set/1983) cresceu no subúrbio de Londres influenciada musicalmente pelos seus tios, músicos profissionais de jazz.


O seu talento já despontava entre os amigos da vizinhança, quando com apenas 16 anos, foi chamada para fazer um teste para a gravadora Atlantic, que buscava uma nova cantora de jazz.

Aos 20 anos lançou seu primeiro disco(”Frank”), que fez bastante sucesso na Inglaterra - tendo recebido indicações para prêmios importantes.


Amy tornara-se uma estrela, da noite para o dia. E trabalhou muito durante os anos de 2003 e 2005. Durante esse período começou a se envolver seriamente com drogas e álcool, além de ter desenvolvido doenças como a bulimia e a anorexia, mudando completamente a silhueta e o jeito de menina.



Tudo chama atenção em Amy, seu talento e seu temperamento. A sua aparência atual não é de uma menina de vinte e quatro anos, mas de uma pinup magra e decadente.

Por diversas vezes, ela não teve condições de cumprir a sua agenda principalmente em função dos seus problemas com a bebida. E assim a imprensa viu em Amy uma excelente pauta para manchetes sensacionalistas e ela passou a ficar cada vez mais revoltada com repórteres e papparazzis, criando tumultos e não respondendo às perguntas


O segundo disco “Back To Black”, lançado em dezembro de 2006, foi um sucesso estrondoso em todo o mundo - ancorado principalmente pela música “Rehab”, que fala justamente que ela não iria para a clínica de reabilitação.



Logo no começo do ano de 2007, ela foi o grande destaque do Brit Awards, tendo recebido o prêmio de melhor cantora.

Ao longo desse ano, ao invés de rentáveis turnês mundiais, Amy passou a maior parte do tempo frequentando as páginas dos jornais, com o seu estilo auto destrutivo.



Em agosto ela foi internada com overdose por ter consumido uma quantidade cavalar de whisky, vodca, cocaína, ecstasy e maconha. Pouco tempo depois, deu uma entrevista se cortando na frente do repórter da Spin Magazine - escrevendo o nome do marido na barriga com um pedaço de espelho quebrado.

Seu marido imbecil Blake-Fielder Civil está preso, por causa de uma briga em um bar e isso tem arruinado ainda mais o estado de espírito de Amy, que - para piorar a situação - tem andado com seu amigo Pete Doherty, o junky vocalista da banda Babyshambles.



Outro dia, ela foi encontrada correndo na rua de sutiã e chorando que nem uma doida varrida - e agora, além de todos os problemas, ela está perdendo os dentes.



É difícil acreditar no futuro dessa talentosa cantora, mas de qualquer forma ela já deixou seu nome marcado entre as grandes cantoras de todos os tempos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge